Federação dos Trabalhadores na agricultura no Rio Grande do Sul

Festivais da Juventude Trabalhadora Rural

Image
Juventude Gaúcha no II Festival Nacional da Juventude Rural

 Comitiva da juventude rural gaúcha em Brasília

 Um grupo de 120 jovens gaúchos estieve participando do 2° Festival Nacional da Juventude Rural nos dias 26 a 30 de julho em Brasília, organizado pela Secretaria de Jovens Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais – CONTAG com a participação de 5.000 jovens de todos os Estados do País. O tema do Festival foi “Sucessão Rural com Terra, Políticas Públicas, Meio Ambiente Sustentável, Trabalho e Renda”.
     O 2° Festival teve por o objetivo, promover através da prática esportiva e do lazer a integração, harmonia entre os (as) jovens do campo de diversos Estados e Regiões do país, tendo em vista a ausência de atividades de desporto que revelem novos talentos esportivos. Portanto, fazer com que, homens e mulheres possam competir de forma respeitosa e justa e que o Festival Nacional da Juventude Rural aconteça com responsabilidade e harmonia.
     Estiveram participando jovens trabalhadores rurais, sócios dos STR’s, com idade entre 16 a 32 anos e que tenham participado dos festivais realizados nos estados ou estejam participando de atividades promovidas pelo movimento sindical de trabalhadores (as) rurais como, programa jovem saber, consórcio social da juventude, credito fundiário, comissão estadual e municipal de jovens, etc.

Festival também é um espaço para propor e reivindicar

Image
Secretária da Juventude da Contag entrega reivindicações ao Governo Federal

     Durante a semana foram programadas diversas atividades temáticas, esportivas e culturais, como por exemplo:

Mesas Temáticas:

- Juventude, Programa Nacional de Credito Fundiário e  Reforma Agrária.
- Juventude, Territorialidade e Agricultura Familiar.
- Juventude e Trabalho Assalariado.
- Juventude Democracia e Participação Política.

Mesas de Debates Simultâneas

- Direitos Humanos, Diversidades e Violência contra a Juventude
- Sucessão Rural com terra e ênfase na política de crédito fundiário.
- Educação do Campo e Formação Profissional.     
- Juventude e Organização Sindical Rural.
- A contribuição da Juventude na sustentabilidade sócio ambiental.
- Sexualidade e Saúde.
     Quanto à participação da delegação gaúcha nas modalidades esportivas, o destaque foi com a conquista de vários títulos, como: 1º salto em distância feminino, 1º no Voleibol masculino e feminino, 2º Futebol de salão feminino, 3º natação feminina.
     Também esteve acontecendo paralelamente, oficinas e apresentações culturais, com destaque na participação de 4 jovens gaúchos na oficina de rádio. Na programação cultural cada noite cultural estava reservada para apresentação artística de cada região do país. Nesse sentido o Rio Grande do Sul esteve representado por um grupo de dança típicas alemãs do município de Vera Cruz e participação na gravação do CD de músicas da juventude trabalhadora rural, com uma música composta e cantada por jovens do RS e SC.

Image
Jovens gaúchos nos jogos, durante o Festival

II Festival Estadual da Juventude Trabalhadora Rural

     Durante os dias 18 e 19 de junho ocorreu em Vera Cruz o II Festival Estadual da Juventude Trabalhadora Rural, com participação de cerca de 250 jovens de todas as regiões do Estado.
Neste evento, a FETAG, através da Comissão Estadual de Jovens, realizou um encontro temático, esportivo e cultural, em que a juventude do meio rural esteve discutindo a temática sucessão rural e se preparando para participar do II Festival Nacional da Juventude Rural em Brasília.
     Este evento caracteriza uma continuidade do trabalho que vem sendo realizado, em que FETAG e seus sindicatos têm um forte trabalho de mobilização e debate com a juventude rural no Estado do RS, na tentativa de diminuir o êxodo rural e fortalecer a agricultura familiar. Como exemplo deste trabalho, destacamos o 4º Congresso Estadual da Juventude Trabalhadora Rural ocorrido no mês de novembro em Santa Maria, com presença de mais de 600 jovens.
     Josiane, diretora da FETAG e coordenadora dos jovens, diz que o objetivo do evento é discutir que tipo de agricultores e agricultoras teremos a partir da atual realidade, enquanto um projeto social, ambiental e econômico para a garantia da agricultura familiar deste país. "Queremos alertar para a compreensão do modo de vida das pessoas do meio rural, do processo de como assimilar as mudanças e novas tecnologias e também da co-responsabilidade das entidades locais em melhorar o acesso da juventude à áreas que normalmente estão carentes, como exemplo a qualidade da educação, da cultura e do lazer.", acrescenta Josiane. Ela também destaca, que para mobilizar a juventude, é necessário unir espaços para debate e espaços para cultura e lazer, como exemplo deste Festival e do Festival Nacional que estará ocorrendo em Brasília.

Image
CEJTTR durante Festival Estadual em Vera Cruz