Federação dos Trabalhadores na agricultura no Rio Grande do Sul

Informativo

INFORMATIVO N° 1.225

Informativo Fetag e Sindicatos dos Trabalhadores Rurais// Um programa da Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Rio Grande do Sul e dos 316 Sindicatos filiados.// Transmitido em todo o Estado com informações para o trabalhador e a trabalhadora rural./

A VOZ DA FETAG/
www.fetagrs.org.br

1) DIAGNÓSTICO DO ZONEAMENTO ECOLÓGICO-ECONÔMICO (ZEE)
O assessor de Política Agrícola e Meio Ambiente da FETAG, Guilherme Velten Júnior, explica o que é o Zoneamento, para que serve e por que os agricultores familiares devem participar das Oficinas de Diagnóstico do ZEE, que a Sema está realizando em vários municípios do Estado.///

AS NOTÍCIAS DA FETAG TAMBÉM ESTÃO NO FACEBOOK/
Quando você abrir a sua página no Facebook, na coluna à esquerda, bem abaixo, tem um link chamado PÁGINAS./ Clique ali e em seguida digite a palavra FETAG-RS que a nossa página no Facebook irá se abrir./ A finalidade é usar essa nova ferramenta de comunicação das redes sociais e fazer chegar ao movimento sindical as notícias da Federação./ Não perca tempo e curta a nossa página!///

FETAG CONVOCA SINDICATOS PARA ASSEMBLEIA GERAL NO DIA 1°/
A FETAG convoca os Sindicatos dos Trabalhadores Rurais filiados e em dia com suas obrigações sociais para a Assembleia Geral Ordinária no dia 1° de dezembro, às 9 horas, em sua sede, que fica na Rua Santo Antônio, 121, Bairro Floresta, Porto Alegre./ Além das leituras do Edital de Convocação e da Ata da Assembleia anterior, bem como sua discussão e votação, está ainda na ordem do dia a discussão e votação da Previsão Orçamentária para 2018, bem como assuntos gerais.///

LEITE: RESULTADO DAS MOBILIZAÇÕES COMEÇAM APARECER/
As manifestações que a FETAG realizou na última sexta-feira, dia 24, nas cidades de Teutônia e Palmeira das Missões, junto às indústrias Lactalis e Nestlé, respectivamente, começam a dar os primeiros resultados./ Depois das confirmações de reuniões com as direções das empresas, o Diário Oficial da União (DOU) veiculou na última segunda-feira, dia 27, a Resolução N° 80, da Secretaria Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional, que altera para R$ 13,94 o quilo do preço de referência para aquisições de leite em pó produzido pela agricultura familiar no âmbito do Programa de Aquisição de Alimentos – PAA./
Conforme o presidente da FETAG, Carlos Joel da Silva, o governo começou a se mexer./ “Segundo telefonema de Caio Rocha serão realizadas compras em 38 cooperativas, sendo a maioria no Rio Grande do Sul./ O valor para aquisição em cada uma delas será de R$ 500 mil, e embora sejam insuficientes servirão para movimentar o mercado”, destacou o dirigente.///

ESTADO VOLTA DISTRIBUIR PROTETOR SOLAR/
A Secretaria Estadual da Saúde priorizará a distribuição gratuita aos agricultores familiares do protetor solar no cronograma de entrega aos mais de 30 municípios que estão sem o produto./ A garantia foi dada na última terça-feira, dia 21, na reunião entre a coordenadora estadual de Mulheres da FETAG, Lérida Pivoto Pavanelo, o deputado estadual Elton Weber e o secretário adjunto estadual de Saúde, Francisco Paz, no Centro Administrativo, em Porto Alegre./

O Estado comprou 84 mil fracos./ Deste total, 60 mil começam a ser distribuídos ainda nesta semana./ O secretário explicou que o atraso no fornecimento, provocado por um problema com os lacres da embalagem, foi resolvido./ Na próxima semana, a FETAG fará um monitoramento sobre o avanço da situação./ “Saímos mais tranquilos com o comprometimento que as cidades com falta do protetor serão priorizadas”, disse Lérida./

No encontro, também ficou acertado que a Secretaria da Saúde enviará um comunicado às coordenadorias no Interior reforçando que não há necessidade de recadastramento de agricultores no programa./ A exigência vinha ocorrendo em algumas cidades./ A FETAG também enviará comunicado aos STR`s informando essa orientação./

Ficou definido ainda que um grupo de trabalho discutirá os fluxos operacionais do programa a partir da extinção do Lafergs, o que determinou a necessidade de redesenho da Portaria 304./ “Foi um encontro bastante produtivo e esperamos ter resolvido o problema de falta do produto que está ocorrendo”, concluiu Weber.///

ENCONTRO DE GÊNERO E GERAÇÃO MARCADO PARA DEZEMBRO/
A FETAG agendou para os dias 7 e 8 de dezembro o Encontro Estadual de Gênero e Geração no Hotel Palace de Rose, em Torres./ A direção da Federação convida um representante da Comissão Estadual de Aposentados, Jovens, Mulheres e um integrante da coordenação regional, com a respectiva assessoria. Regional./ A Federação lembra, ainda, que os representantes das comissões foram escolhidos a partir dos Encontros Regionais de Gênero e Geração, após o encontro realizado em maio de 2016./ Também é solicitado aos participantes que levem os encaminhamentos extraídos desses encontros, além da Vela da regional./ O Encontro de Gênero e Geração tem por objetivo aprofundar e solidificar o trabalho entre os jovens, as mulheres e os aposentados da agricultura familiar e da sua ação no Movimento Sindical dos Trabalhadores e das Trabalhadoras Rurais – MSTTR.///

COMISSÃO DE EDUCAÇÃO PLANEJA AÇÕES PARA 2018/
A Comissão Estadual da Educação da FETAG agendou para o dia 14 de dezembro, às 9h, uma reunião de avaliação de 2017 e, ao mesmo tempo, realizar o planejamento de 2018./ A coordenadora estadual de Jovens da FETAG, Diana Hahn Justo, lembra que será tratado, ainda, sobre o Seminário de Educação do Campo: 20 anos de Lutas e Histórias e assuntos gerais.///

SINAL ANALÓGICO VAI SER DELISGADO EM 31 DE JANEIRO DE 2018/
A FETAG lembra que no dia 31 de janeiro de 2018, o sinal analógico será desligado em Porto Alegre e outras 88 cidades no Rio Grande do Sul./ A partir desta data, só será possível assistir aos canais abertos com a TV digital./ Os principais benefícios são a qualidade de som e imagem./ As televisões em que aparecem um "A" de analógico durante a programação precisam ser substituídas ou instalado o conversor./

Mais de 430 mil Kits de TV Digital (Antena UHF, conversor digital e controle remoto) serão distribuídos gratuitamente no Rio Grande do Sul para beneficiários de programais sociais do governo federal./ Para ter direito ao kit, é necessário estar inscrito no Cadastro Único – CadÚnico – e a remuneração familiar não pode ser superior a três salários mínimos e ser beneficiário de algum dos seguintes programas:
Bolsa Família 2017; Minha Casa, Minha Vida; Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI); Bolsa Verde; Carteira do Idoso; Programa de Fomento às Atividades Produtivas; Programa Brasil Carinhoso; Pro Jovem Adolescente; Aposentadoria para Pessoa de Baixa Renda; Programa Nacional de Crédito Fundiário; Bolsa Estiagem; Programa Nacional de Reforma Agrária; Tarifa Social de Energia Elétrica./

O beneficiário pode solicitar o kit de duas formas:
1ª) Agendar pela internet no site www.sejadigital.com.br/kit;
2ª) Pelo telefone 147; ou
3ª) Se dirigir a um Centro de Referência de Assistência Social (Cras).///