Federação dos Trabalhadores na agricultura no Rio Grande do Sul

Notícias

Através de convênio com o Senar, STR prestará assistência para bovinocultores

O Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Santo Antônio das Missões e Garruchos firmou parceria com o Sindicato Rural de Garruchos e com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR), para atender de forma gratuita e continuada por meio do Programa ATeG, 30 produtores de bovinocultura de corte, durante o período de dois anos no município de Garruchos.

A mesma parceria também já existe no município de Santo Antônio das Missões, onde um grupo foi formado e a previsão de início é para janeiro de 2021.

Tal parceria entre os Sindicatos, a FETAG-RS e o Senar foi construída ao longo dos últimos anos e tem por objetivo fundamental a realização de ações que qualifiquem os trabalhadores e as trabalhadoras rurais na melhoria de vida de suas famílias, além de aumentar a rentabilidade das famílias e das pessoas do campo, tendo como desafio construir novos projetos, expandir e potencializar a produção rural.

Diante do atual contexto e do cenário agrícola vivido pelo país, o aprimoramento e a formação profissional rural, bem como a promoção social familiar que vise a desenvolver e a atender a produção, são pautas que devem discutidas pelo movimento sindical. Da mesma forma, a pecuária de corte, que é uma das principais vocações de nossa região, desde a introdução dos primeiros animais, com a chegada dos jesuítas, em 1626, momento em que foi fundada a Missão Jesuítica de São Nicolau, na margem direita do Rio Piratini, afluente da margem direita do Rio Uruguai.

Este convênio fará acompanhamento, monitoramento e operacionalização da produção da pecuária de corte, para que assim tenha-se aprimoramento na geração de renda, durante dois anos, sempre de forma gratuita. O assistência que contará com a orientação da médica veterinária Rubiele Vargas, que desde setembro de 2020 está fazendo um trabalho de mobilização dos trabalhadores e trabalhadoras rurais, conscientizando-os sobre a importância da capacitação e da qualificação profissional, bem como atendendo e instruindo na correta gestão e no manejo na propriedade, assim mensurando os impactos econômicos positivos da propriedade.

Em alguns casos, há a expectativa de aumento de 30% na produtividade com a adoção de melhores práticas produtivas, sem mesmo ter a necessariamente elevação de custos, além de auxiliar as famílias nas questões de comercialização e principalmente na conscientização da valorização da agricultura e da pecuária familiar.

A FETAG-RS orienta e incentiva  todos os demais STRs do Estado para que busquem parcerias e acordos como este, buscando ampliar o número de pessoas atendidas e assim construir novas políticas públicas que valorizem e apoiem o homem, a mulher e o jovem que queira permanecer na agricultura e na pecuária familiar, construindo referências produtivas que possibilitem aos trabalhadores(as) rurais atender suas expectativas de vida, do presente e do futuro, para assim estarem integrados na sociedade em condições dignas, sem que para isso tenham que abandonar o meio rural.

A valorização do homem do campo, garante um país prospero e sem fome.

Para maiores informações, Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Santo Antônio das Missões e Garruchos/RS.